Consulte:

» Excerto em PDF
         735 Kb
 

Nuclear - O debate sobre o novo modelo energético em Portugal

 Autor:
Jorge Nascimento Rodrigues,
 Virgílio Azevedo
 Páginas: 280
 ISBN: 978-989-615-034-6
 1ª Edição: Nov/2006
 Colecção: Desafios
 Mais sobre o livro:
 » Introdução
 » Índice
 » Autor
 » Comentários
 
 
17,21 Euros Novo
10,33 Euros Manuseado
Sem despesas de envio, para Portugal, no pagamento por transf. bancária ou cartão de crédito. Envios a cobrança são onerados em 2,50 Euros.
 

Jorge Nascimento Rodrigues e Virgílio Azevedo pretendem deixar nas mãos do leitor uma reflexão independente.

Introdução

Com este livro, o Centro Atlântico pretende não só preencher uma lacuna na literatura não-especializada sobre as questões técnicas e económicas que a energia nuclear para fins pacíficos levanta, como sobre o esgotamento do modelo energético português.

O nuclear tem provocado, no nosso país, discussões públicas onde a emoção se sobrepõe, muitas vezes, à razão. Os problemas energéticos são transversais a toda a sociedade, influenciando profundamente o nosso modo de vida. As decisões que forem tomadas vão afectar as gerações vindouras.

A única forma de permitir ao cidadão comum, interessado pelo tema, uma avaliação séria é expor os principais argumentos técnicos e económicos de uma forma objectiva e transparente, com espírito aberto a todas as soluções. O que esta edição faz, ouvindo os 10 principais protagonistas do debate em Portugal, a par de investigadores internacionais ligados ao estudo dos ciclos económicos e energéticos.

Não há hoje dúvidas de que a energia e o ambiente vão estar no centro do novo modelo de desenvolvimento que Portugal precisa implementar para alcançar as economias avançadas da União Europeia.

Escrito por dois jornalistas independentes, a obra conta, ainda, com um Prefácio de António Costa Silva, um reputado especialista.

O livro pretende que, num fim-de-semana, o leitor possa fazer mais do que um “resumo” de prós e contras. Porque fica com pistas para investigar o contexto de tudo o que está em jogo.

A revolução energética do século XXI

O tema da energia nuclear está hoje politizado e globalizado.

Deixou de ser apenas um tema de investidores e governantes nuclearistas versus ecologistas que se confrontam nas ruas, nos referendos ou nos debates públicos em cada país. Já não é somente uma questão de riscos humanos em caso de acidente operacional ou com os resíduos versus vantagens económicas e de independência estratégica.

A politização extrema advém, hoje, da vontade de alguns países em entrar no clube das armas atómicas pela porta principal ou pelas traseiras e no já vasto grupo dos países que utilizam a energia nuclear para geração de electricidade. Em certos casos mais “quentes” é difícil a separação clara dos fins pacíficos em relação aos objectivos militares ligados a ambições de potência regional.

A politização advém, também, do novo contexto geopolítico e do seu impacto nas commodities energéticas em que se baseia o actual modelo de desenvolvimento económico, saído da 2ª Revolução Industrial, sentado em cima de dois combustíveis fósseis. O disparo dos preços do petróleo, a chantagem política em torno dos poços de crude e das jazidas de gás natural, o domínio dos oleodutos e gasodutos, bem como das vias logísticas fundamentais do trânsito destas mercadorias, coloca problemas geopolíticos graves aos países que dependem estrategicamente da sua importação.

A par da turbulência nos mercados spot e de futuros destas commodities, a pressão das alterações nos equilíbrios do Planeta e das metas associadas a esses desafios tornam a ruptura com o modelo energético do século XX uma questão prioritária, segundo alguns de vida ou de morte.

Daí a globalização rápida do tema, com um renascimento do debate sobre a opção nuclear nas opiniões públicas e nos governantes. Vários investidores e lóbis industriais viram, nestes sinais de viragem, uma janela de oportunidade para este negócio energético.

Contudo, esta opção não está sozinha em cima da mesa; outros protagonistas estão na corrida para ocupar o espaço em declínio na oferta do petróleo e do gás natural, que muitos analistas alegam que irá ocorrer neste século.

Alguns já apelidaram este período de «a grande corrida do século XXI». Uma revolução energética como já não ocorria desde o princípio do século passado. As gerações que a vão viver têm, também, uma oportunidade única de deixar a sua impressão digital no futuro do Planeta.

Jorge Nascimento Rodrigues e Virgílio Azevedo pretendem deixar nas mãos do leitor uma reflexão independente.


Índice

Prefácio
por António Costa Silva

Introdução
A Grande Corrida do Século XXI

Capítulo 1
A Europa à procura de alternativas

Capítulo 2
O Século da transição para um mundo sem petróleo: A Voz dos Futuristas

Cesare Marchetti: o mais velho futurista europeu da energia nuclear
Tessaleno Devezas: o discípulo de Kondratieff que descobriu uma nova 'espécie' de energia
Dennis Meadows: o profeta dos «limites ao crescimento»

Capítulo 3
Um derradeiro fôlego dos combustíveis fósseis

Capítulo 4
Eficiência Energética: o desastre nacional

Capítulo 5
O novo modelo de desenvolvimento

Capítulo 6
Opiniões que contam

José Delgado Domingos (IST)
Pedro Sampaio Nunes (consultor para o projecto de central nuclear em Portugal)
Nuno Ribeiro da Silva (Endesa)
Patrick Monteiro de Barros (líder do projecto de central nuclear para Portugal)
Carlos Pimenta (SIIF Énergies Portugal)
Luís Mira Amaral (Fórum para a Competitividade)
Aníbal Fernandes (Agrupamento Eólicas de Portugal)
Joaquim Pina Moura (Iberdrola)
Eduardo Oliveira Fernandes (Associação Portuguesa de Energias Renováveis)
José Penedos (Rede Eléctrica Nacional)

Capítulo 7
As 13 questões-chave

Capítulo 8
ITER: O sonho da fusão nuclear

Capítulo 9
Geografia do Nuclear

  • Implantação mundial de centrais nucleares
  • Geografia da matéria-prima
  • Geografia da produção de electricidade de origem nuclear
  • Geografia dos arsenais militares nucleares

Capítulo 10
Para saber mais

  • Pequena História do Nuclear
  • Livros de leitura obrigatória
  • Publicações de referência
  • Internet: links para adicionar aos favoritos neste tema  

Autores

Jorge Nascimento Rodrigues, 54 anos, é editor dos portais janelanaweb.com (lançado em 1995) e Gurusonline.tv (lançado em 2000).
É colaborador do semanário Expresso, coordenador da Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão e CEO do grupo Adventus.
É co-autor dos livros Mestres da Gestão – 42 Gurus do Management em Directo, Mestres Portugueses da Gestão, Mestres da Geração Start-Up, 50 Gurus da Gestão para o séc. XXI e Peter Drucker – o essencial sobre a vida e a obra do homem que inventou a gestão, publicados pelo Centro Atlântico.

Virgílio Azevedo, 51 anos, é repórter principal do semanário Expresso desde 2004, tendo sido editor do caderno de Economia do mesmo jornal durante 14 anos e, mais tarde, editor dos Assuntos Europeus.
Foi vencedor do Prémio Editorial «Sociedade da Informação – Uma oportunidade para Portugal» de 1998, atribuído pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e pelas empresas Oracle Portugal e Sun Microsystems, com a reportagem intitulada «Geração Internet», e também do Grande Prémio Municipal Gazeta de Oeiras 2005 e do Prémio Temático Taguspark 2005 na categoria «Ciência, Tecnologia e Inovação Empresarial», com a reportagem intitulada «O Silicon Valley português».
É licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) de Lisboa.

  Comentários

 

Este livro pretende contribuir para o debate entre os prós e os contras da opção do nuclear. Não só enquadra o problema à escala global, como dá voz aos grandes futuristas internacionais e adiciona entrevistas e textos de opinião dos maiores especialistas nacionais.
- Executive Digest, Dezembro de 2006

Sent: Sunday, November 19, 2006
Subject: Livro sobre o nuclear

Caros senhores

Acabo de adquirir o livro sobre energia nuclear recentemente editado pela Vª editora. Quero felicitá-los pela iniciativa e aos autores pela qualidade e independência do trabalho realizado, mais a mais numa altura em que o palco do debate parece estar monopolizado por opositores e prosélitos do nuclear com base em interesses económicos facilmente identificáveis (ao menos, valha-nos isso!).

Cordiais cumprimentos
Luís Costa

Dividida em 10 capítulos, esta obra brilha por explicar, de forma simples, um tema profundo e de grande impacto económico, geopolítico, social e  ambiental. Um olhar sobre o enqua ramento internacional e nacional da  temática nuclear, a evolução da mesma, os riscos, as oportunidades, a necessidade de encontrar saídas para a actual crise energética (que o mundo em geral e Portugal em particular atravessam).

Expresso, 18 de Novembro de 2006

Será a energia nuclear uma solução viável para o nosso país? Quais os  problemas técnicos, económicos e ecológicos desta opção? Com «Nuclear - O  debate sobre o novo modelo energético em Portugal», dos jornalistas Jorge  Nascimento Rodrigues e Virgílio Azevedo, o Centro Atlântico quer que o  cidadão comum obtenha as pistas para avaliar estas questões.

Visão, 23 de Novembro de 2006