Colecção Classicus do Centro Atlântico
  INICIO        OS AUTORES      COMENTÁRIOS/NOTÍCIAS      COMPRAR      CONTACTO  

 

 
O Conto do Vigário
Autor:
Fernando Pessoa
Prefácio:
António Bagão Félix
 
ISBN: 978-989-615-112-6
Páginas: 40
Edição:  Mar/2011
Preço: 5,95 eur.
e-book: 4,99 eur.
Colecção: Classicus



António Bagão Félix

Mudam-se os tempos, mudam-se os contos-do-vigário. Mas, no essencial, mantém-se aquilo que os define:
«Já passaram oitenta anos desde que  ONotícias” Ilustrado deu à estampa esta narrativa na vida do Vigário. Muito mudou, na circunstância, entenda-se. Os contos viraram euros, mas o conto ainda o é. Na essência. E o senhor Vigário, lavrador e ribatejano, de que nos fala Pessoa, metamorfoseou-se num ambiente de globalização e de exuberância tecnológica. É claro que continua a haver o vigário doméstico ou local, com uma métrica modestamente artesanal de enganar o parceiro. Mas a sofisticação da trapaça é agora universal, sem muros ou obstáculos.
Há os vigários tóxicos, os vigários prolixos e os vigários que passam entre os pingos da chuva. Seguramente todos nocivos. Há, também, os vigários políticos e eleitorais que prometem sem cumprir, para crédulos e votantes sempre disponíveis para recair no conto-do-vigário.
A própria linguagem amaciou a técnica do vigário. Não mente, limita-se a dizer uma inverdade. Não tem conflitos de interesses, antes está a tirar partido de uma sinergia. Não comete burlas, o que enfrenta, coitado, são imparidades. Não é aldrabão, assume-se como flexível. Tacticamente Individualista, diz que nada tem a ver com a vida dos outros, para que os outros o deixem à vontade na sua vida. Para ele, os fins justificam, sem pestanejar, qualquer meio».
 
Uma Carta para Garcia
Autor:
Elbert Hubbard

Prefácio:
Raul Diniz
 

ISBN: 978-989-615-113-3
Páginas: 40
Edição: Mar/2011
Preço: 5,95 eur.
e-book: 4,99 eur.
Colecção:  Classicus



Raul Diniz

O que significa, à luz dos dias de hoje, o adágio «entregar ou levar a carta a Garcia»? Como é possível enquadrar a eficácia pessoal, a pró-actividade, o cumprimento eficaz de uma missão – por mais difícil ou impossível que ela possa parecer –, numa era em que a globalização, o trabalho de equipa ou até a força imparável das multidões exige a celeridade, o resultado imediato, a eleição do curto prazo? Numa época em que se exalta a urgência do empreendedorismo, será Rowan, o herói desta pequena história, a personificação de quem empreende, persevera e cumpre, simplesmente, a missão que escolhe como sua? Se, como afirma o autor do Prefácio, estamos perante uma situação de self-management cujo fundamento é o autoconhecimento, a ferramenta o autocontrolo, a alavanca a auto-estima, como fazer vingar estas características numa gestão que se quer colaborativa, onde o todo se sobrepõe à soma das partes?
Uma Carta para Garcia faz o elogio somente de «aquele que faz o seu trabalho». E se, no ambiente empresarial do século XXI, se incentivam os esforços colectivos, talvez esteja na altura de se exaltar estas qualidades individuais que, depois sim, somadas, conduzirão ao todo. Ou à missão cumprida.
 
 
     Pack «O Conto do Vigário» + «Uma Carta para Garcia»
 
   ISBN: 9789896151720
   Preço: 7,50 eur.
  

 

 

 

 

 Copyright ©2011, www.centroatlantico.pt  | Tel. 808 20 22 21

     Centro Atlântico, Lda.